A Transição

a transiçãoA ideia do documentário A Transição surgiu a partir da entrevista de Evelyn Torrence no programa do Jô Soares em 2001. Na entrevista, Evelyn afirma estar a dois anos sem comer praticamente nenhum alimento e se diz mais forte e saudável por conta disso.

Tendo este paradigma da possibilidade de não precisarmos mais nos alimentar com alimentos materiais, surgiu a ideia de fazer um filme sobre o assunto. O filme que era um curta virou um média e de um média virou um longa metragem.

A partir da entrevista do Oberom, um dos principais palestrantes sobre viver de luz no Brasil muitos dos conceitos sobre “Viver de Luz” significar “Não Comer” caíram por terra. Segundo ele na verdade o foco é espiritual, é um processo de autoconhecimento e a não-alimentação é uma consequência dessa conquista. Ele ainda propõe trocar o termo “Viver de Luz” por Consciência Prânica. Oberom colocou um ponto de vista espiritual num filme que era em grande parte uma descoberta física e biológica.

O documentário inicia contando como é e como funciona o retiro que é a porta de entrada para o viver de luz, o “Processo dos 21 Dias”. Um retiro onde se passa 21 dias sem ingerir alimentos, somente líquidos e os 7 primeiros dias se absolutamente nada. O filme conta como foi o processo dos 21 dias para cada entrevistado de acordo com seu ponto de vista pessoal, ao mesmo tempo que explica como essa possibilidade pode existir.

Se viver de luz é parar de comer, se é um processo espiritual e se é realmente possível viver sem comer, só cabe a você decidir, assistindo o documentário A Transição.

Este filme é uma produção totalmente independente, saiba como assistir clicando aqui: ATransicao.com.br
 

Compartilhar: