Anapanasati: A técnica budista de concentração

anapanasatiA meditação anapanasati é uma antiga técnica budista que tem como finalidade o desenvolvimento da concentração, nela você observa sua respiração conscientemente. Essa consciência na respiração permite que você viva o momento presente, impedindo que pensamentos sobre o passado e o futuro surjam. Esses pensamentos podem gerar felicidade ou tristeza, desejo ou aversão, os quais praticantes de meditação vêem como uma fonte de sofrimento. Use a meditação para se libertar do sofrimento gerado por pensamentos descontrolados.

A anapanasati permitirá que você se sinta mais no controle de sua própria vida, e que você treine sua mente para não gerar pensamentos desnecessários ou distrativos. Quando estiver livre de pensamentos que atrapalhem seu julgamento, será capaz de agir mais espontânea e criativamente em cada momento de sua vida. Essa técnica foi postada originalmente no Ehow, recomendo bastante se você procura melhorar a sua concentração, confira as intruções abaixo:

1. Vista-se com roupas folgadas e sente-se confortavelmente em um quarto silencioso e isolado. Mantenha sua coluna inteira o mais reta possível, mas sem rigidez e tensão. Para aliviar pensamentos sobre o tempo ou medos de pegar no sono, pode ser útil colocar um despertador para o período em que deseja meditar.

2. Feche seus olhos e permita que seu corpo relaxe, conforme você respira.

3. Respire somente pelo nariz, e comece a se concentrar nas sensações de sua respiração, como o calor conforme o ar entra em suas narinas e desce para seus pulmões, e o frio conforme ele percorre o caminho para fora. Esteja ciente de outras sensações, mas não esboce reação. Só as observe passivamente, independentemente de quão ruins ou agradáveis você as considere. Compreenda e aceite que, inevitavelmente, todas as sensações passarão.

4. Permita que sua concentração recaia sobre uma área de sensação específica, talvez logo acima de seu lábio ou dentro do nariz.

5. Concentre-se nessa área de sensação, e torne o foco ainda mais preciso, sem prestar atenção a mais nada, tentando fazer com que sua área de concentração se torne apenas uma célula. Observe as sensações desta única área equanimemente, sem permitir que qualquer reação distraia você de sua concentração.

6. Conte as inalações e exalações como “um-um”, “dois-dois”, até “oito-oito”. Então, conte de trás para frente até um. Isso também pode ajudar na concentração.



Não fique nervoso ou agitado, se não estiver fazendo “certo” e sua mente vagar para longe da concentração. Assim que você perceber que sua mente vagou, simplesmente traga-a de volta para a concentração em sua respiração. Se continuar fazendo isso, sua mente irá inevitavelmente parar de vagar.

Boa prática!

Compartilhar: