Star Wars: O Lado Espiritual da Força

starwarsespiritualA filosofia presente em Star Wars oferece lições valiosas para todos nós.

No Reino Unido, em 2001, foi realizado um censo sobre a fé dos britânicos. E por incrível que pareça, a “religião” Jedi foi a quarta mais citada, à frente do budismo e do judaísmo.

Não foi possível saber se as pessoas fizeram isso de brincadeira ou em uma forma de protesto. Mas o fato é que a série Star Wars disseminou uma peculiar filosofia de vida pelo mundo. E por mais que seja um exagero adotar os conceitos Jedi como uma religião — o chamado Jediísmo — há algumas lições que podemos aprender com Yoda e cia.

Não pense, porém, que elas são apenas fruto da imaginação de George Lucas. A saga foi baseada em diversas mitologias e filosofias tanto orientais quanto do ocidente. O famoso Joseph Campbell, autor de O Poder do Mito foi um entusiasta ativo e fez várias citações de Star Wars em sua famosa entrevista com Bill Moyers.

George Lucas utilizou o trabalho de Campbell, que abrangia diversos aspectos de culturas diferentes, como base em suas pesquisas para a série. Nós do Despertar Coletivo, decidimos listar alguns ensinamentos interessantes que estão presentes nos filmes e também nos livros da franquia. Confira:
 

A Força

O tamanho não importa. Olhe para mim, julga-me pelo meu tamanho? E não deve mesmo. Minha aliada é a Força, e poderosa aliada ela é. Ela é a energia que nos cerca e nos conecta. Seres luminosos nós somos, não essa matéria rude. Você precisa sentir a Força a sua volta; aqui, entre você, eu, a árvore, a pedra, todos lugares. Sim, até mesmo entre a terra e a nave.
— Mestre Yoda

 
A Força foi descrita por Obi-Wan Kenobi como “um campo de energia criado por todos os seres vivos, ela nos envolve e penetra. É o que mantém a Galáxia unida.”

Alguns pensavam na Força como uma entidade sensível, dotada de pensamento inteligente — quase como se fosse um tipo de Deus — enquanto outros consideram-na algo que pode ser manipulado e usado simplesmente como se fosse uma ferramenta.

Embora fictícia, a Força contém muitas semelhanças com princípios filosóficos e religiosos existentes. Muitos relacionam aos conceitos de Qi (também “chi” ou “ki” na China e Japão), Prana (Índia), Mana (Polinésia) e outras tradições semelhantes que focalizam em torno da ideia de uma energia espiritual existente no Universo.
 

O Código Jedi

A filosofia conhecida como o Código Jedi foi criada para manter os jovens estudantes alertas sobre o lado sombrio. No seu íntimo, o Código Jedi dá simples instruções para os seres em contato com a Força. Um Jedi nunca usa a Força para lucro ou ganho pessoal, mas para conhecimento e iluminação. Raiva, medo, agressão e outros sentimentos negativos levam ao Lado Negro, por isso os Jedi são ensinados a agir apenas quando estiverem em paz com a Força. Há outras versões do código, mas a mais refinada e conhecida é a seguinte:

Não há emoção, há paz
Não há ignorância, há conhecimento
Não há paixão, há serenidade
Não há caos, há harmonia
Não há a morte, há a Força!

 
Segundo essa filosofia, a Força conhece todas as coisas objetivamente; é serena e não é balançada por emoções. Assim, o Código Jedi ensina que antes de tomar qualquer decisão, o Jedi deve considerar a vontade da Força. Se um Jedi for capaz de agir sem emoção, sabiamente e serenamente, então ele estará agindo de acordo com essa vontade.



 

A Dualidade

Não é simples o suficiente conhecer a Luz… Um Jedi deve sentir a tensão entre os dois lados da Força, em si mesmo e no Universo. — Mestre Jedi Thon

 
Assim como algumas religiões e filosofias apresentam a dualidade através de conceitos como Sombra e Luz ou Yin e Yang. A série Star Wars também explora esses aspectos através dos lados opostos da Força.

O lado luminoso, também conhecido como Ashla, é o lado alinhado com a honestidade, compaixão, misericórdia, auto-sacrifício e outras emoções positivas. Já o lado sombrio, conhecido como Bogan, é associado a morte, destruição, frustração, inveja e outras emoções negativas.

No Episódio V: O Império Contra-Ataca, Luke Skywalker durante um treinamento com o Mestre Yoda, entra em uma caverna obscura onde explora e enfrenta o lado negro da Força, Luke duela e consegue degolar seu inimigo com o sabre de luz. Ao observar o rosto do oponente decapitado, fica atônito ao constatar que na verdade o oponente era ele mesmo. Luke Skywalker matou o seu próprio lado negro.

Do ponto de vista religioso, matar a nossa natureza “pecaminosa” é algo ótimo, Luke teria agido corretamente. Mas, para surpresa de muitos, essa atitude foi reprovada pelo Mestre Yoda, que preferiria que seu pupilo tivesse aprendido a conviver com a sua dualidade, ao invés de destruir qualquer um dos lados. Yoda sugeriu o caminho do meio, da mesma maneira que ensina o Budismo e outras doutrinas orientais.

Luke Skywalker: ‘Como vou diferenciar o bem do mal?’
Mestre Yoda: ‘Você saberá, quando estiver calmo. Com a mente calma.’

 
No vídeo abaixo, o Mestre Yoda enfrenta a própria sombra e percebe que a única forma de vencer a batalha é aceitando-a e reintegrando-a em sua consciência:


 

Poderes Mentais

A Força pode ter grande influência nos fracos de mente.  — Obi-Wan Kenobi

 
Outra semelhança com algumas doutrinas é o fato de que os Jedi poderiam aprender diversos tipos de habilidades mentais ao estudar e compreender a Força, desde conseguir ler pensamentos até localizar um ser em outro planeta. Em geral essas são as capacidades mais comuns:
 
Telepatia: o Jedi tem a capacidade de comunicar ou influenciar mentalmente outros indivíduos.

Telecinese: permite ao Jedi manipular os objetos à sua volta, desde levitar como também infligir danos à estruturas ou inimigos.

Precognição: um Jedi pode pressentir o futuro através de sua união com a Força.

Projeção Astral: certos Jedi são capazes de projetar sua alma e interagir com outros seres, inclusive após a morte.

Meditação: através desse recurso o Jedi pode potencializar suas habilidades estabelecendo uma conexão ainda mais profunda com a Força.
 

Ensinamentos Preciosos

“O medo é o caminho para o lado negro. O medo leva a raiva, a raiva leva ao ódio, o ódio leva ao sofrimento.”
— Mestre Yoda
 
“Faça ou não faça. Não existe tentar.”
— Mestre Yoda
 
“Aquele que possuir um Sabre de Luz pode fazer coisas que não podem ser feitas com uma mera arma de fogo, Luke. Mas mais do que isto, um Sabre de Luz é disciplina para a mente e aprendizado para o corpo e espírito. É uma das formas pelas quais um Jedi se comunica com a Força.”
— Obi-Wan Kenobi
 
“Em um estado sombrio nós nos encontramos… E um pouco mais de conhecimento ilumina nosso caminho.”
— Mestre Yoda
 
“Apego é proibido, possessão é proibida. Mas compaixão, a qual eu definiria como amor incondicional, é essencial na vida de um Jedi.”
— Anakin Skywalker
 
“O cristal é o coração da lâmina.
O coração é o cristal do Jedi.
O Jedi é o cristal da Força.
A Força é a lâmina do coração.
Todos estão ligados: o cristal, a lâmina, o Jedi.”
Todos em um.”
— Mestre Luminara Unduli
 
“A morte é parte natural da Vida. Regozige-se por aqueles que se uniram com a Força. Não Lamente por eles. Não sinta falta deles. O apego leva á inveja. A sombra da cobiça, isso sim. Treine a si mesmo a deixar partir tudo que teme perder.”
— Mestre Yoda

 
Que a Força esteja com vocês!

por  Equipe Despertar Coletivo

Referências
:
StarWars.wikia.com
Wikipedia.org/Jedi
 

Compartilhar: